Repositorio de producción científica de la Universidad de Sevilla

Corpo potência e política - Espinosa e os direitos das mulheres

Opened Access Corpo potência e política - Espinosa e os direitos das mulheres
Estadísticas
Icon
Exportar a
Título Alternativo: Body, Power and Politics - Spinoza and Women’s Rights
Autor: Ferreira, Maria Luísa Ribeiro
Fecha: 2018
Publicado en: Araucaria, 39, 251-270.
Tipo de documento: Artículo
Resumen: O presente texto procura trabalhar algumas acepções do conceito de corpo em Espinosa atendendo aos seus aspectos físicos, psíquicos, metafísicos e políticos. Também toma em conta a dupla condição do corpo - enquanto existente na duração e enquanto pensado por Deus. A noção de “conatus”, presente em todos os corpos, é pretexto para lembrar a recente obra de António Damásio, A Estranha Ordem das Coisas e para comparar a potência individual que habita os indivíduos com a potência política que existe nas sociedades. É nessa perspectiva que se analisa o modo como o filósofo considera a condição feminina. tentando-se perceber a severidade com que ele encara a actuação das mulheres no corpo político. Sobre esta temática apresentam-se os posicionamentos de algumas filósofas feministas (Geneviève Lloyd, Moira Gaytens, Beth Lord e Margaret- Gullan Wuhr) apreciandose criticamente as suas teses. O texto termina com a interrogação «Estará vedado às mulheres o “amor intellectualis Dei”?», sustentan...
[Ver más]
This paper intends to present the different meanings of “body” in Spinoza’s philosophy, attending to its physical, psychic, metaphysical and political meanings. It also presents the double condition of bodies - either while existing in duration or when directly thought by God. The concept of “conatus” and its importance in all bodies, is a pretext to visit the recent work of Antonio Damásio, The Strange Order of Things, and to compare the individual power present in all individuals with the political power in human societies. In this prospect we comment how Spinoza considers the feminine condition, trying to understand why he excludes women from a democratic government. About this issue we critically analyse the perspective of some feminist philosophers (Geneviève Lloyd, Moira Gaytens, Beth Lord e Margaret- Gullan Wuhr). The paper ends with a question «Can women participate in “amor intellectualis Dei”?», stating that in Ethics V we find an affirmative answer to this question.
Cita: Ferreira, M.L.R. (2018). Corpo potência e política - Espinosa e os direitos das mulheres. Araucaria, 39, 251-270.
Tamaño: 398.0Kb
Formato: PDF

URI: https://hdl.handle.net/11441/72402

Ver versión del editor

Mostrar el registro completo del ítem


Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 Internacional

Este registro aparece en las siguientes colecciones