Show simple item record

PhD Thesis

dc.contributor.advisorFernández Batanero, José Maríaes
dc.creatorSoares Pereira, María Elisabethes
dc.date.accessioned2015-04-16T09:20:49Z
dc.date.available2015-04-16T09:20:49Z
dc.date.issued2008es
dc.identifier.citationSoares Pereira, M.E. (2008). Percursos educativos, formativos e profissionais no Síndrome de Down. (Tesis Doctoral Inédita). Universidad de Sevilla, Sevilla.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11441/24055
dc.description.abstractA Constituição Portuguesa (artigo 71.º) remete para o Estado a responsabilidade e a obrigação de realizar uma política nacional de prevenção, tratamento, reabilitação e integração dos cidadãos com deficiência, bem como a defesa e a efectiva implementação dos seus direitos. Neste contexto a ... integração sócio . profissional das pessoas com deficiência em idade activa constitui matéria de particular relevância pois a existência nas suas vidas da dimensão social do trabalho, enquanto geradora de mecanismos de integração e sustentação de uma base de relações sociais e de autonomias diversas, evita a exclusão social provocada, por exemplo pela solução pensão de invalidez (a principal forma de sobrevivência da população nestas condições). O motivo da realização desta investigação prende-se com o facto de não haver estudos que digam respeito a processos de TVA relacionados com pessoas com SD. Os motivos que levam a não haver estudos com esta temática prendem-se a nosso ver com factos como: - o processo de inclusão de alunos com SD nas escolas do ensino regular só começou a ter expressão no início dos anos 90 pelo que poucos indivíduos com SD (e que tenham passado por processos de TVA nas escolas de ensino regular) se encontram presentemente a trabalhar em mercado aberto. Antes desta data os jovens trissómicos eram, na grande maioria, institucionalizados onde eram, nos casos em que tal se fazia, apenas preparados para empregos protegidos executados apenas dentro das instalações dessas instituições. Consequentemente não havia uma verdadeira integração, pois estes formandos apenas conviviam com pares com problemas de deficiência. Em consequência existem a|es
dc.formatapplication/pdfes
dc.language.isospaes
dc.rightsAtribución-NoComercial-SinDerivadas 4.0 España
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/es
dc.subjectDown, Síndrome dees
dc.titlePercursos educativos, formativos e profissionais no Síndrome de Downes
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/doctoralThesises
dc.rights.accessrightsinfo:eu-repo/semantics/openAccesses
dc.contributor.affiliationUniversidad de Sevilla. Departamento de Didáctica y Organización Educativaes
idus.format.extent486 p.es
dc.identifier.idushttps://idus.us.es/xmlui/handle/11441/24055

FilesSizeFormatViewDescription
K_Tesis-PROV10.pdf3.597MbIcon   [PDF] View/Open  

This item appears in the following collection(s)

Show simple item record

Atribución-NoComercial-SinDerivadas 4.0 España
Except where otherwise noted, this item's license is described as: Atribución-NoComercial-SinDerivadas 4.0 España